Apr 23

 

Instituições Sociais:

Consistem numa estrutura relativamente permanente de padrões, papéis e relações que os indivíduos realizam segundo determinadas formas sancionadas e unificadas, com o objectivo de satisfazer as necessidades sociais básicas. As características das instituições são: têm finalidade e conteúdo relativamente permanentes, são estruturadas, possuem estrutura unificada e valores. Além disso, devem ter função (a meta ou propósito do grupo, cujo objectivo seria regular as suas necessidades) e estrutura composta de pessoal (elementos humanos), equipamentos (meios materiais ou imateriais), organização (disposição de pessoal e do equipamento, observando-se uma hierarquia – autoridade e subordinação), comportamento (normas que regulam a conduta e as atitudes dos indivíduos).

 

Instituições Sociais sobre os olhos dos outros:

  • "Tudo o que tendo sido estabelecido ou instituído pelos homens, possui uma certa estrutura e uma certa permanência no tempo."

Pol Virton

  • "Práticas reconhecidas e estabelecidas que governam as relações entre os indivíduos ou os grupos."

Morris Ginsberg

  • "Conjunto de actos ou de ideias instituído que os indivíduos encontram diante de si e que a eles se impõe mais ou menos.

Marcel Mauss

  • "Conjunto organizado de crenças e práticas que os indivíduos adoptam com a finalidade de alcançar um determinado objectivo socialmente importante."

Mª da Luz Oliveira et al.

  • Sistema organizado de relações sociais que incorpora certos valores e procedimentos comuns e atende a certas necessidades básicas da sociedade.

Elementos das Instituições Sociais:

  • Papéis sociais;
  • Relações sociais;
  • Normas de comportamento;
  • Sanções sociais;
  • Institucionalização;
  • Necessidades sociais de base;
  • Formas próprias de solucionar as necessidades sociais;
  • Símbolos.

 

Alguns exemplos de Instituições Sociais:

 

 

 

Ajuda de Berço
Associação de Solidariedade Social



 

 

A Ajuda de Berço promove, defende e dignifica a vida humana, através do apoio a mulheres grávidas sem condições e aos filhos delas nascidos; bem como o acolhimento e encaminhamento de crianças entre os 0 e os 3 anos de idade que não possam viver com os pais ou familiares.

E-Mail » ajudadeberco@ajudadeberco.pt

Link » http://www.ajudadeberco.pt/

Morada:
Sede Social e Centro de Acolhimento (Alcântara)
Av. de Ceuta, nº 51 – r/c
1300-125 Lisboa
Telefone
+ [351] 21 362 82 74/6/7
Fax
+ [351] 21 362 82 75

 

  

APN
Associação Portuguesa de Doentes Neuromusculares


           

Estima-se que existam, em Portugal, vários milhares de portadores de doenças neuromusculares. A maioria destas doenças não tem cura e afecta gravemente a capacidade motora dos seus portadores, impondo-lhes uma drástica e, por vezes dramática, perda de autonomia.

Na sua grande maioria, os doentes neuromusculares dependem quase totalmente das tecnologias e da ajuda de outras pessoas, para viverem. Nas últimas décadas, têm surgido um pouco por todo o mundo múltiplas associações de pais e de doentes neuromusculares, criadas com o objectivo de apoiarem os portadores das doenças e das suas famílias, alertarem a opinião pública para a existência do problema e, ainda, para angariarem fundos destinados à investigação.
Com o mesmo propósito, fundou-se em Portugal, em 1992, a APN - Associação Portuguesa de Doentes Neuromusculares.


Actividades da APN

Criar mais e melhores condições de vida para os doentes e seus familiares
Estimular o encontro e troca de informações sobre as doenças neuromusculares.
Participar activamente nos esforços e nas iniciativas nacionais e internacionais, que visam a procura da cura para estas doenças
Constituir um fundo financeiro destinado à investigação científica
Criar o primeiro Centro de Recursos para Doentes Neuromusculares, em Portugal.
E-Mail » info@apn.pt

Link » http://www.apn.pt/

Morada:
Rua das Cruzes, 580,
4100-191 Porto
Telefone
+ [351] 226 106 202
Fax
+ [351] 226 160 568

 

 

Infantasma
Associação Ambiente e Alergias para a Promoção e Protecção da Saúde


   

 

A Infantasma – Associação Ambiente e Alergias para Promoção e Protecção da Saúde – é uma Associação sem Fins Lucrativos, cujo seu principal objectivo visa analisar e monitorizar a Qualidade do Ar Interior nas Escolas.

A Infantasma tem como missão identificar química e biologicamente, assim como no plano da arquitectura e segurança, quais os potenciais focos alérgicos e de insegurança no interior das escolas, identificando-os e apontando eventuais soluções.
Tornar o dia-a-dia das nossas crianças mais saudável é possível, se conseguirmos eliminar ou diminuir os problemas de saúde crónicos que derivam do convívio diário com fungos, bactérias, maus hábitos de ventilação, maus hábitos de limpeza, entre muitos outros condutas.
A Infantasma tenta responder com a máxima eficácia e segurança aos problemas, por vezes, não visíveis à vista desarmada, mas que crescem escondidos e livres em qualquer parte da escola, onde as crianças passam cada vez mais a parte dos seus dias.

E-Mail » infantasma@infantasma.com

Link » http://www.infantasma.com/

Morada:
Rua das Picoas, nº 4 – R/C esq.
1050-173 Lisboa
Telefone
+ [351] 213 174 565
Fax
+ [351] 218 459 359